Feeds:
Posts
Comentários

Archive for junho \23\UTC 2009

O que eu acho mais magnífico na vida são as mudanças. De cor, cabelo, tempo, humor, gostos, desejos, tamanhos, pensamentos, e ideais. Esses últimos mudam de acordo com a nossa adaptação e criação de um universo próprio e, principalmente, da nossa idade.

Quanto mais anos ganhamos, mais queremos concretizar algo novo e alcançar os objetivos almejados. Aos 5 anos, sonhamos em ter uma profissão. Aos 10, essa profissão muda (ou não). No meu caso, de empregada doméstica, passei a querer ser dentista. Aos 15, já queria ser psicóloga ou que tal arquiteta? Aos 17 tive que tomar a decisão e entre tantas opções, escolhi Publicidade. Se me perguntarem como cheguei a essa conclusão, não me lembro mais. Enfim, depois de quase 4 anos e uma monografia prestes a ser escrita, surge a grande pergunta (que nunca parou/deixou de ser feita durante o curso) – era isso mesmo?

Tenho certeza que a área eu acertei. Comunicação é meu ponto forte. Mas as mudanças dos meus ideais continuam. Agora, em vez de querer ter um canudo, quero o complemento dele. Quero um local de sustentação. O sonho de ser uma profissional torna-se maior. O xis da questão daqui pra frente são as buscas para a real efetivação desse sonho. Ou seja, um trabalho. O fim da faculdade, ao mesmo tempo em que traz o alívio, traz o desespero de não concretizar o que você almejou por quatro anos (ou uma vida). E sem sombra de dúvidas (e com lágrimas escorrendo pelo meu rosto borrado de maquiagem), a graduação traz a saudade de cada rosto amigo que compartilhou momentos bons e ruins nos Cemunis, ICs e outros lugares da nossa tão mal administrada (mas amada), universidade.

Anúncios

Read Full Post »

Atualmente, meu convívio com os gays aumentou bruscamente. Todo dia aprendo palavras do dicionário colorido (Aurélia!! Sim, isso mesmo!), ouço novas reclamações e criticas (sobre os relacionamentos gays). E esse final de semana foi super gay! No melhor sentido possível!

WE039432

Vi o filme Milk, do diretor Gus Van Sant que fala de Harvey Milk , o primeiro homossexual a assumir um cargo público no estado da Califórnia – EUA, mais especificamente em São Francisco, cidade marcada, devido a esta época de Milk, por ser o centro da luta pelos direitos dos homossexuais. Nota 10 pro longa, que tem atores muito bons, um roteiro e fotografia excelentes!

Além do filme, ao acessar a Internet, me deparei com as fotos da parada gay em São Paulo. Mais de 3 milhões de LGBTTTs lésbicas, gays, bissexuais, transexuais, transgêneros e simpatizantes – unidos no centro da maior cidade do Brasil. Sensacional, não? E nos tempos de hoje, é possível ver essa reunião de pessoas a favor de uma causa e mostrando serem como são exatamente por causa da (também) revolução feita por Milk (“Saiam do armário!”)

Muitos ainda têm preconceitos e vivem num mundo jurássico, mas de acordo com o meu positivismo, tudo vai melhorar. Agora, eu só tenho uma certeza, a maior de todas por sinal, e já comentei dela por aqui: o mundo é um arco-íris!

Read Full Post »

Quem quer data mais comercial que dia dos namorados levanta a mão!! Dias das mães, dia dos pais, dia de sei lá o que. OK. Tudo se resume a vender. Mas pelo menos as outras datas comemorativas com troca de presentes têm uma origem mais interessante e significativa do que o 12 de Junho.

O Valentine`s Day começou a ser comemorado nos EUA, no Canadá (…) em homenagem ao São Valentim. Quem? Pois é, leitores, de acordo com a Igreja Católica existem 3 santos com o mesmo nome e todos esses são homenageados no mesmo dia, 14 de fevereiro (data no estrangeiro). A Igreja parou de celebrar a comemoração do dia de Valentim em 1969 por achar que esses diferentes casos careciam de dados históricos de valor. Mas, duas lendas a respeito da origem do dia dos pombinhos cresceram nas mentes do povão: a primeira trata de um sacerdote que foi morto pelo Imperador, pois se apaixonou pela filha de um de seus carcereiros e enviava cartas “in love” para a pequena donzela, assinadas pelo nome “teu Valentim”; a segunda diz que o santo foi condenado a morte porque celebrava casamentos, os quais eram proibidos pela Instituição Católica.

Enfim, ninguém sabe quem foi São Valentim. Muito menos aqui no Brasil em que copiamos a tal data porque ficamos com invejinha de dar presentes ou trocar declarações de amor via cartas. rs Aqui, dizem que o publicitário (viva!) João Dória, criou uma campanha para a extinta loja Clipper para incentivar as compras no mês de Junho, marcado por prejuízos no caixa do comércio. O slogan da campanha era: “Não é só de beijos que se prova o amor”. E assim, a segunda data em que mais se vende no país, foi oficializada. Agora, nós, consumidores ativos, incentivados pela publicidade,  ainda celebramos este dia em 12 de Junho, pois afinal, dia 13 é dia de Santo Antônio… aquele com fama de casar mocinhas e mocinhos.

Pra você, querida leitora, que está triste pois não tem um namorado pra presentear, pense na economia!! Mas se mesmo assim não estiver satisfeita, mas sim, disposta a gastar uns reais com um novo amor, veja este vídeo! Tenho certeza que sua opinião vai mudar. Ou talvez eu até te ajude a solucionar sua carência (basta mandar um scrap pra esta pessoa irreverente). Mas o que tenho certeza é que ao ver o vídeo TODO, enviado por e-mail por uma amiga engraçada encalhada (assim seja), boas risadas lhe serão proporcionadas!

Read Full Post »

Quinta-Feira, às 16h42min.

Enquanto Luiz lava o carro, Gabriela compra uma casa. Laís descobre que esta grávida após tanto tentar. Beatriz sofre um acidente. Hélio perde a mãe. Marcela fica nua. Bruno ouve Frank Sinatra. Pedro pega um vôo para seu novo lar. Geraldo assiste ao jogo do Botafogo na TV. Milena leva um fora do namorado. Cristiano se fura com um prego na construção.

Enquanto Juliana vai ao cinema, Viviane passa chapinha no cabelo. Oscar sofre um ataque cardíaco. Helena faz uma ligação para o pai que mora longe. Vanessa vomita no banheiro para perder peso. Felipe ganha na loteria. Tadeu é mandado embora do emprego. Joana passa num concurso. Ciro cheira cocaína. Horácio é mordido pelo próprio cão.

Enquanto Lourdes compra o pão na padaria da esquina, Carlos sente dores no peito. Luana corta o cabelo. Sheila estala os dedos. Irene se queima na cozinha. Tatiana vai pra academia. Noêmia faz amor com o marido. Renato rouba a bolsa de uma senhora. Eliana briga com sua irmã. Ricardo assume sua sexualidade. Joana compra uma passagem para Milão.

Tantas reações. Tantas descobertas, desafios, renovações. Tantos personagens diferentes em um só lugar. Tudo ao mesmo tempo. Cada um tentar traçar seu destino. E de repente… O mundo não para. Dias sim, dias não. Sobrevivência sem arranhões (?) É… O tempo não para.

Read Full Post »

um nó desfeito.

Não sei se quero ou não quero. Se posso ou não posso. Se fico ou não fico. Se grito, se choro, se amo, se caio, se me perco, se pulo, se deixo… Eu não sei se. Eu não sei. Ou isso ou aquilo. Tudo eu. No meio de tantos “ses” e interrogações, passam-se os dias. E minha única certeza é a de seguir sem medo. Andar com fé eu vou, que a fé não costuma falhar.

Read Full Post »

Volta e meio passo na locadora para pegar algum desenho animado. Clássicos da Disney que não canso de ver. A Bela e a Fera; Cinderela e todas as outras princesas e seus contos regados de músicas, danças e romance, é claro.

“Tiana é uma jovem africana que vive em um encantador bairro francês na lendária cidade de Nova Orleans, berço do jazz. Do coração dos místicos pântanos da Louisiana e às margens do poderoso rio Mississipi chega uma história de amor inesquecível, com a participação de um crocodilo cantor, com toques de vudu e os encantos da cultura Cajun.”

Depois de anos, a Walt Disney resolve lançar um clássico das historias infantis, o beijo do sapo e da princesa, mas dessa vez, com seu vestido exuberante, sua voz fina e delicada e sua beleza radiante, a princesa é negra. Fiquei bastante feliz com essa novidade. Não apenas pelo fato de existir a primeira princesa negra, mas porque já tinha cansado dos filmes com bichinhos que fugiam do zoológico ou simplesmente, bichos que lutam, dançam, e blábláblá.

Para os fãs do fantástico mundo da Disney, aguardem até Dezembro para a estréia! Enquanto isso confiram o trailer AQUI!

Read Full Post »

um nó.

Ei, sabe quando você acha que algo está faltando? Finalmente, eu cheguei a essa conclusão. Sei que falta algo. Ou alguém. Não sei onde achar, nem onde procurar. Não sei se vai melhorar. Ou se vou ignorar. Não sei se vou aceitar e se “isso” vai resolver a minha falta de ter.

(…) Falta algo. Você? Lá longe?  Cadê?

Read Full Post »

Older Posts »