Feeds:
Posts
Comentários

Archive for novembro \30\UTC 2009

Essa é uma nova sessão do Desabafos. “Vozes que me acalmam” traz já no nome, a explicação. Mas são vozes não só que me acalmam, mas que eu admiro a graça e harmonia em palco e composição (de letras, de luzes, de sons).

A homenageada de hoje foi-me apresentada pelo meu irmão-carioca-de-coração há uns dois anos. Roberta Sá.

Roberta sabe cantar, interpretar e transmitir toda a sua doçura em todas as canções, que são compostas também por ela (mas não só). São melodias bem arranjadas, composições bem selecionadas. São sambinhas gostosos, romances encantadores, que começaram a atingir o coração dos cariocas e hoje, atingem os de todo o Brasil.

A maioria das músicas é de Pedro Luís. Algumas, com a ajuda da cantora. Outras, são regravações de Chico Buarque, Marcelo Camelo, Dorival Caymmi, Paulinho da Viola, etc. Um time de peso para uma voz também de peso, totalmente brasileira.

Agora, com vocês, minhas partes preferidas de ótimas canções interpretadas por Roberta Sá:

“E se a dor é de saudade; E a saudade é de matar;
Em meu peito a novidade; Vai enfim me libertar”

“Já passaram dias inteiros; Janeiros; Calendário que nunca chega ao fim;
Início sim; E só recomeçar; Bordando areia; Com luz de candeia pra nunca se apagar; E iluminar”

“Mais um romance tem remédio; Vou viajar lá longe tem; O coração de mais alguém; Não deixe ideia de não ou talvez; Que talvez atrapalha ”

Anúncios

Read Full Post »

O que eu vou falar agora é muito sério, por favor, me escutem!

Toda vez que você estiver parado no sinal e uma pessoa quiser lhe entregar um panfleto, seja generoso, abra o vidro do carro e aceite!

Essa foi a lição que aprendi neste fim-de-semana em que trabalhei por 4 horas debaixo de um sol de 40 graus com uma roupa nada bonita, a fim de promover uma ação da Garoto. Na verdade, a Garoto é a patrocinadora oficial do Desfile da Disney que acontecerá na Praia de Itaparica, em Vila Velha, dia 6/12, às 9h. (Mais informações!)

O desfile já aconteceu hoje no Rio de Janeiro. Cerca de 350 mil pessoas compareceram.

A Disney é a marca mais conhecida em todo o mundo (segundo dados de um dos livros que li para o TCC) e com o Desfile Disney Momentos Mágicos vindo diretamente de Orlando para as areias capixabas, o Mickey e toda a sua turma emocionam gente de todas as idades num espetáculo de música, dança e efeitos especiais.

Desde pequena o meu sonho sempre foi ir à Disney. E até hoje o sonho perdura. rs
Mas a minha intenção ao visitar todos aqueles parques não é ir nos brinquedos. Aliás, meus amigos bem sabem que quando se trata de brinquedos “radicais”, eu tô fora! Sempre quando surgem esses parques de diversão aqui em Vitória, geralmente, durante as férias da criançada, eu fujo! Não suporto montanhas-russas e brinquedos feitos para passar mal… tanto é que a primeira (e única) montanha-russa que fui, praticamente obrigada, foi em 2008, em Las Vegas (!). Foi tanta emoção que passei o dia inteiro tonta e sem forças. haiuhiauha

Então, ao visitar à Disney, queria tirar fotos com tooodos esses bichinhos e princesas (já que não poderei fazer isso aqui, pois não estarei na cidade), além de conhecer o castelo da Cinderela, a casa do Mickey, etc.  Lembro-me como se fosse ontem, em NY, quando achei o mundo fantástico da Disney, em uma de suas lojas. Ah, não tem jeito… Eu sempre serei uma criança feliz!

Carol e eu na loja da Disney. hueheiuhe

Montanha-russa do NY, NY - Vegas

Pra quem amar a Disney, assim como eu, e quiser se divertir com o desfile, vá a Itaparica no Domingo que vem. E nunca se esqueça: sempre aceite os panfletos dos entregadores no sinal!rs :)

Read Full Post »

1 ano!

Ieeeiii! Parabéns pra mim que após idas e vindas, continuei a escrever aqui! Parabéns a vocês que lêem os meus desabafos que sempre buscam acrescentar algo na mente e no coração de cada um!

Merci, mes amis!

Read Full Post »

Eu quero! rs

Mas daqui há uns 10 anos e olhe lá.. Aí, quando digo isso, ouço: “‘E você não pensa em ter filhos, não? Mulheres mais velhas têm dificuldades para engravidar e correm mais riscos durante a gestação…” Ok. Eu sei disso. E quem disse que para ter filhos eu preciso casar? (hahahahah. Calma, mãe!) O importante aqui é que quero casar. De preferência, com os pés descalços na praia ao pôr-do-sol. Mas só falta uma coisinha bem básica: o marido.

Eu digo daqui há 10 anos, mas quem sabe o maridão não apareça até mesmo no ano que vem? Não posso prever nada e por isso, não faço planos sobre casar, ter filhos e blábláblá. Tudo muda da água pro vinho, de um dia pro outro… é melhor não planejar e acreditar que o que tiver que ser, será.

Ah! Mas tem muita gente que não acredita em casamento… Basta juntar os “trapinhos” que está tudo bem. Afinal, se a união não estiver mais dando certo, cada um pega suas coisas e tchau! Já eu acredito que o teste de “juntar os trapos” pode ser experimentado por um pequeno prazo. E neste prazo, já que nenhuma pessoa é igual a outra, mas se um quer fazer o outro feliz, que tal cooperar para se adaptar? Aliás, a busca da felicidade é o objetivo de toda união, tendo ou não a benção de um padre, sendo ou não oficializada no Civil. Mas aqui no Brasil, pelo menos, o casamento continua em alta.

Segundo dados do IBGE, “em 2008, foi registrado número recorde de 959.901 casamentos, 4,7% acima do verificado no ano anterior.” Porém, em compensação ao número alto de casórios, “as separações e os divórcios somaram 290 mil casos, um aumento de 4,6% em relação a 2007.” E puxando o gancho para a “onda” de divórcios, que cresce na maior parte do mundo, e tentando quebrar o ar sério desse post, olha a ideia dessa agência:

A porta se abre, a imagem do casal se separa e lá está a placa com o nome e o andar da advogada especializada em divórcios. rsrs

Isso é publicidade. Mas voltando ao assunto principal, mesmo com o crescente índice de divórcios, nada se compara ao alto número de casamentos realizados. E independente dos dados do IBGE, eu não deixo de acreditar em casamentos. Tudo bem que o exemplo que tenho em minha casa é capaz de me convencer facilmente que casar com amor e todo um suporte atrás, dá certo. Pois se tiver só amor, complica. Acho que ele é a base da união e do compromisso, mas não é só o amor que faz dar certo.(Mas isso é assunto pra outro post…)

Então, quer casar? Eu ainda quero, como manda a tradição. De vestido branco, mas descalça na praia.

Read Full Post »

Fascinante. Em poucos minutos, algumas páginas e muitas ilustrações, podemos enxergar e compreender o que nos é essencial. Tudo o que mais damos atenção é necessário para a sobrevivência em padrões terrestres (capitalistas, diga-se de passagem), mas não é suficiente para a vivência, para a construção dos reais valores que um ser humano deve possuir: amor, amizade, lealdade, sinceridade. Pois são essas as posses que nos fazem verdadeiramente, ser. São as  pequenas coisas, que às vezes, somente crianças são capazes de ver, que tornam-se de infinita importância.  E é por isso que as pessoas grandes nunca deveriam esquecer que já foram crianças um dia.

Só se vê bem com o coração. O essencial é invisível aos olhos.

Read Full Post »

Só pra completar a série de posts sobre 2012, aí vai a ação publicitária feita na estação de mêtro Cantagalo, no Rio de Janeiro.  Legal, né?!

Read Full Post »

…. não seria melhor construir espaçonaves para a humanidade poder sair um pouquinho da Terra e explorar novas galáxias? Ok, viajei… mas o filme ia ficar bem mais legal! Rsrsrs E olha que escrevi isso antes mesmo de ver a super novidade  tecnológica-espacial que será lançada em 2012 (há!) pela empresa Galatic Suice: um hotel no espaço. Cada pessoa pagaria 4 milhões de dólares para desfrutar de 3 noites no hotel, onde só roupas com velcro seriam usadas para que os passageiros fossem capazes de se agarrar ao chão e às paredes. Além disso, eles só poderiam tomar banho em um spa com bolhas de água flutuantes, já que seria impossível utilizar duchas normais em gravidade zero. Mas todas essas “dificuldades” seriam recompensadas pelo espectáculo do nascer do Sol repetido quinze vezes por dia, uma vez que a nave daria uma volta inteira à Terra a cada 80 minutos.

O interior da nave.

Se alguém aí for rico o suficiente para tirar umas férias no espaço e quiser companhia, pode me chamar!

Read Full Post »

Older Posts »